pre parto, gravidez, pos parto

Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

mamã tranquila

Vamos falar de preparação para o parto, parto, recém-nascido e todo o tipo de assuntos relacionados com este tema...

mamã tranquila

Vamos falar de preparação para o parto, parto, recém-nascido e todo o tipo de assuntos relacionados com este tema...

À espera do dia D....


Mamã Tranquila

09.04.18

gravida1.jpg

 

O final da gravidez, por vezes parece que nunca mais acaba, ficamos mais ansiosas a ver os dias a passar para o grande dia…

Quando passamos das 39 ou 40 semanas e queremos um parto natural (desde que não existam contraindicações médicas) existem algumas estratégias que podem ajudar a desencadear ou a acelerar o trabalho de parto.

 O útero é um músculo que se contrai por ação de estímulos, sejam eles hormonais, tais como as prostaglandinas, ou mecânicos, como os esforços físicos. São as contrações uterinas, que podem ou não ser dolorosas, que vão empurrar o bebé contra o colo do útero, fazendo com que ele comece a dilatar.

Então vou vos dar alguns truques que podem resultar:

  • Manter vida sexualmente ativa – o esforço relacionado ao ato sexual combinado com a ação do sémen, no colo do útero, que tem na sua composição prostaglandinas, funcionam como uma forte estimulação que pode levar à contração do útero. Também o facto da mulher se sentir desejada e alcançar o orgasmo aumenta a segregação de ocitocina, hormona que vai também estimular o útero a contrair-se;
  • Manter atividade física ligeira a moderada – realizar caminhadas e se estiver junto à praia aproveitar o areal ou simplesmente fazer a trabalho da casa exerce os músculos da parede abdominal e o útero também;
  • Favoreça a liberdade de movimentos (sempre que possível) – As posições mais verticais permitem uma boa amplitude da bacia são naturalmente as mais confortáveis, e para além disso ainda potenciam a força da contração por associação à força da gravidade e ao peso do bebé sobre o colo do útero; dançar também pode ser bastante eficaz, pois além de todos os movimentos que se fazem, relaxa e descontrair a mente;
  • Alimentos - Alguns alimentos também cooperam para o parto. A pimenta vermelha, o óleo de prímula, rícino e chás de canela e framboesa. O óleo de rícino funciona como laxante vai ajudar a movimentar a musculatura inferior, contudo só deve ser usado com orientação do médico. O óleo de prímula ajuda na dilatação, ele participa para afinar o colo do útero e a dose deve ser indicada por um médico. Comidas apimentadas é uma mesinha antiga, sem qualquer apoio cientifico, no entanto, pode produzir contrações. O chá de canela/gengibre segue a mesma linha da pimenta, como é quente ajuda a aumentar a contação uterina

 

  • Estimulação do mamilo - Não há nenhuma evidência científica de que a estimulação do mamilo vai ajudar a induzir o parto. Mas uma coisa é certa, estimulação do mamilo aumenta a produção de ocitocina no organismo, que por sua vez contribui com contrações. Logo existe uma possibilidade de ajudar. 

 

  • Comer ananás – o ananás contém a enzima bromelina que estimula a produção de prostaglandinas, mais um truque

 

 

  • Banho quente - Banho quentetambém colabora e muito para o trabalho de parto. Além de aliviar as dores que por ventura a mulher esteja sentindo, também relaxa a musculatura corporal. Banhos mornos com massagem nas costas ajudam a acelerar o trabalho de parto. Bolsa de água quente ou morna na região lombar também é uma boa ideia, ela faz às vezes do banho e pode ser tão relaxante quanto. Rir e beijar na boca são ótimas dicas! Além de manter o bom humor, vão ajudar na liberação de ocitocina e endorfina, que ajudam a lidar melhor com as dores além de afirmar o vínculo com o pai do bebê. Dê boas gargalhadas e beije bastante...

 

As contrações são naturalmente o sinal do inicio de todo o processo de trabalho de parto, pelo que a mãe e o bebé têm um papel primordial no desenrolar do mesmo. O bebé tem o seu caminho para construir e através de movimentos próprios em conciliação com as contrações ajuda a aumentar a pressão sobre o colo do útero. A mãe por sua vez pode arranjar estratégias facilitadoras de conduzir o seu trabalho de parto, minimizando a possibilidade de ter um parto instrumentado.

Estas técnicas são vantajosas não só quando está ainda numa fase inicial do trabalho de parto, de forma a que comece a dilatação do colo, mas são também importantes para acelerar o trabalho de parto quando este já está instalado, mas para isso é necessário que sejam ditas, desenvolvidas e praticadas com alguma antecedência.

Namorar, andar e rir…. Boas estratégias para um final feliz

2 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D