pre parto, gravidez, pos parto

Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

mamã tranquila

Vamos falar de preparação para o parto, parto, recém-nascido e todo o tipo de assuntos relacionados com este tema...

mamã tranquila

Vamos falar de preparação para o parto, parto, recém-nascido e todo o tipo de assuntos relacionados com este tema...

Amamentação - Tipo de Mamilos


Mamã Tranquila

26.05.18

 

Existem vários tipos de mamilos, tais como os mamilos normais, rasos e invertidos. Antes de o vosso bebé nascer, é vantajoso saber que tipo de mamilos tem.

 

Caso o seu bebé seja capaz de agarrar uma boa porção da mama, é provável que não existam quaisquer complicações devido ao tipo dos seus mamilos. No entanto, os mamilos rasos ou invertidos fazem com que seja mais difícil para o bebé agarrar a mama.

 

mamilos.png

 

 

.

MAMILO NORMAL

 

 92% das mulheres têm mamilos normais. Isso significa que a imensa maioria delas não terão qualquer problema para amamentar, pelo menos no que diz respeito ao mamilo.

 .

MAMILO COMPRIDO

 

Algumas mulheres têm um mamilo comprido. O problema desse tipo de mamilo é que o bebê tem a tendência de pegar só o bico, sem abocanhar a aréola. Se o bebê pegar só o mamilo, as gretas e fissuras certamente virão. E a dor é intensa.

 

É um problema muito simples de resolver. Basta tentar amamentar em diferentes posições, fazendo pequenas mudanças, até descobrir qual a posição que faz com que o bebê abocanhe a maior parte possível da aréola.

Se o bebê pega boa parte da aréola, não haverá problema.

 .

.

MAMILO PLANO

 

O mamilo plano é aquele que não é “para fora” nem “para dentro”.

Mamilos planos não costumam trazer grandes problemas para a amamentação, por que são mais fáceis de corrigir do que os mamilos invertidos. Muitas vezes, quando o bebê é forte, a simples sucção faz com que os mamilos planos voltem ao normal.

O Segredo de amamentar com mamilos planos é fazer o bebê abocanhar o máximo de aréola possível. Também podem ser usadas as conchas para formar bico, além de exercícios e bombinhas de sucção. 

Antes de amamentar, pode-se também aplicar um pouco de gelo na aréola ou pinçar a aréola com os dedos. Em algumas mulheres, isso fará o bico aparecer.

Muitas vezes o mamilo plano é confundido com o ingurgitamento mamário (irei falar a seguir). Acontece que, quando as mamas estão muito cheias, o mamilo pode ficar liso, mesmo que não seja plano. .

 

concha-de-amamentacao-rigida (1).jpg

 

 

niplette-avent-unidade-scf15201-0004738-G4.jpg

51mscad2JFL._SY355_.jpg

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

MAMILO INVERTIDO

 

Apenas 0,5% das mulheres têm mamilo invertido.

Há variados graus de inversão, alguns são fáceis de corrigir e outros não.

Do mesmo modo que existem os mamilos falso-planos, existem mamilos falso-invertidos.

Se os mamilos forem verdadeiramente invertidos, a amamentação pode ficar um pouco dificultada, mas é possível amamentar mesmo assim. É necessário paciência e tempo. Podem ser usadas as mesmas técnicas utilizadas nos mamilos planos:

Concha

Bombinha de Sucção

Pinça manual

 

Tudo com muito cuidado para não magoar.

 

como-preparar-o-peito-para-amamentar_6272_m.jpg

exercícios de Hoffman.jpg

 

 

 

51mscad2JFL._SY355_ (1).jpg

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Procurem auxilio junto das vossas enfermeiras, para esclarecer dúvidas.....

 

 

 

Amamentação - mamilos gretados/fissuras


Mamã Tranquila

26.05.18

fissura.jpg

 

Mamilos gretados ou com Fissuras

Os mamilos gretados são um problema comum no decorrer da amamentação.

Estas podem surgir ao 2º ou 3º dia. O mamilo é uma zona muito sensível, que normalmente está resguardado de uma estimulação tão frequente.

É importante primeiro perceber se existe alguma causa para ter os mamilos gretados:

  • bebé apenas abocanha o mamilo, ou seja faz uma boa pega. Se necessário peçam às enfermeiras enquanto estão internadas. Nesta fase é de evitar chuchas ou tetinas antes do bebé estar bem adaptado à mama;
  • posição do bebé não é a melhor para realizar uma boa pega. Acima de tudo, a amamentação deve ser um momento agradável, para isso, a mãe deve estar confortável e o bebé bem apoiado, virado de frente barriga com barriga;
  • O bebé adormece durante a mamada e faz intervalos curtos entre as mesmas. Esperem que o vosso bebé esteja bem acordado para mamar, se necessário, retirem uma ou duas peças de roupa para que ele fique menos confortável, servindo de estímulo para fazer uma mamada eficaz;
  • Lavagem excessiva dos mamilos. A água seca a pele ficando mais sensível a agressões, por isso basta lavá-los uma vez ao dia. Após o banho aplicar um creme hidratante, podem iniciar esta rotina logo nas últimas 2 a 3 semanas de gravidez;
  • interrupção da sucção do bebé é feita de forma repentina. Quando quiserem interromper a mamada coloquem o vosso dedo mindinho, na boca do bebé, de modo a desfazer o vácuo, possibilitando que ele abra a boca e largue o mamilo sem o puxar;
  • Uso inadequado dos discos de amamentação. Estes devem ser utilizados entre o mamilo e o soutien e devem ser trocados frequentemente, de modo a evitar infeções e a manter o mamilo seco livre de humidade.

Antes e depois da mamada podem extrair um pouco do vosso leite, espalhar no mamilo e deixar secar, o vosso leite é muitíssimo rico em proteínas e ajuda o mamilo a cicatrizar.

Se a fissura/greta já estiver estabelecida deverão, além da proteção com o seu próprio leite, aplicar um creme para mamilos gretados e posteriormente um disco de amamentação.

Os mamilos deverão ser expostos ao ar sempre que possível.

 

Amamentar não deve doer. Caso tenham problemas com as mamas, dores nos mamilos ou estes fiquem doridos, consultem a vossa enfermeira.

Alguns dos cremes disponoveis:

 

medela-breast-care-purelan-vp.jpg.2016-08-18-09-40-14.jpg

lalunina.jpg

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Protectores de mamilos:

 

protetores de mamilos 2-500x500 (1).png

avent_breast_shell_set.jpg

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Discos de gel para cicatrizar:

disco gel.jpg

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Barriguinha hidratada


Mamã Tranquila

24.03.18

meses-gravidez.jpg

Na gravidez, a pele da mamã pode ser colocada à prova, principalmente devido às alterações hormonais e ao aumento de peso.

No entanto, cada gravidez é única, e as alterações fisiológicas na pele podem até passar despercebidas ou serem nulas.

Embora a nossa pele ser naturalmente flexível, o aumento de peso e as alterações hormonais que a gravidez provoca impõem dela uma maior elasticidade. 

As estrias resultam do estiramento da pele para além dos seus limites, sobretudo quando este estiramento ocorre de forma rápida. Barriga, seios, nádegas e coxas são as áreas mais afetadas. Para além de uma boa vigilância da gravidez, com o controlo da evolução ponderal, o cuidado essencial para prevenir as estrias passa por garantir uma boa hidratação da pele.

Numa primeira fase da gravidez, o creme hidratante deve ser aplicado pelo menos uma vez por dia.

Depois do hidratante, deve aplicar-se o creme anti-estrias. Este cuidado adicional é essencial, uma vez que os cremes anti-estrias têm na sua composição substâncias próprias que evitam a deterioração das fibras de colagénio e elastina, tornando a pele mais flexível, hidratada e homogénea, e preparando-a para as necessidades da gravidez. 

Estes mesmos cuidados não devem ser parados, mas antes acrescidos, depois de o bebé nascer. Sendo que no último trimestre de gravidez, e no primeiro mês após o parto, o creme anti-estrias deve ser aplicado duas vezes ao dia, para dar todos os nutrientes necessários à pele para ela estar, à partida, o melhor preparada possível para o estiramento inevitável que existe.

A escolha do creme, deve-se ter em conta a sensibilidade de cada pele, assim como o aroma, porque pode causar náuseas ás gravidas se for intenso.

Com estes cuidados, as vossas barriguitas vão crescer lindas e formosas… e encher-vos de muito orgulho.

Deixo algumas imagens de cremes

cremes.png

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D